Categoria: Política

Com sede do Diretório Municipal lotada Pavan anuncia que é candidato a Deputado Estadual

10534459_650283951728932_1522115138_n
Na noite desta segunda-feira (07), Leonel Pavan, recebe o apoio dos tucanos de BC, da AMFR e de várias regiões de Santa Catarina para sua candidatura a Deputado Estadual. Cargo que ainda não foi eleito em sua carreira vitoriosa como homem público, defendendo os interesses de Balneário Camboriú, e do estado catarinense.
Pavan destacou aos presentes, que lotam a sede do Diretório Municipal do PSDB-BC, localizada no centro da capital catarinense do turismo, as diversas conversas que manteve com Aécio Neves, Dalírio Beber, José Serra, Paulo Bauer e aproveitou a oportunidade para anunciar a escolha de sua esposa Bernadete Pavan, como segunda suplente de senadora, na candidatura de Paulo Roberto Bornhausen.
“O trabalho está apenas começando e precisamos estar unidos e vamos juntos trabalhar cada vez mais, e juntos manter a cadeira conquistada com Dado Cherem, para a Assembléia Legislativa do Estado de Santa Catarina, desde 2002. Vamos todos juntos fazer com que o PSDB-BC eleja seu candidato a Alesc”, disse Pavan.
Segundo Pavan, todos os tucanos de Balneário Camboriú, vão coordenar sua campanha e todos farão do PSDB-BC, um partido cada vez mais forte e identificado com os anseios de todos os eleitores.

Segue para sanção obrigatoriedade do teste da linguinha em Balneário Camboriú

Roberto Souza JuniorHospitais e maternidades serão obrigados a realizarem exames em recém-nascidos para avaliar a anatomia da língua.

 

O projeto apresentado pelo vereador Roberto Souza Junior (PMDB) no ano passado, que obriga hospitais e maternidades de Balneário Camboriú a realizarem exames em recém-nascidos para avaliar a anatomia da língua, o denominado “teste da linguinha”, foi aprovado em redação final na sessão ordinária de quarta-feira (2).

A proposta tem como objetivo diagnosticar precocemente a anomalia do frênulo lingual, conhecida por “língua presa”, que dificulta a sucção, a deglutição e a mastigação, além de causar problemas na fala. “Além de dificuldades na alimentação outro grande problema é a língua presa, onde muitas crianças, jovens e adolescentes acabam sendo vítimas de bullying. O teste vai prevenir isso” lembra o parlamentar.

O exame será realizado gratuitamente por fonoaudiólogo ou por outro profissional da saúde devidamente capacitado, na própria unidade hospitalar, antes de ser concedida alta médica para liberação e abrange todos os bebês atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), por planos de saúde, ou mesmo se tratando de paciente particular.

O projeto segue agora para o Poder Executivo para ser sancionado pelo governo municipal.

 

Vereador quer proibir gasto de verba pública com fogos de artifícios

O projeto que já está na Câmara contou com o apoio e assinatura da vereadora Jane Stefenn, na foto ao lado de Ângelo Gervásio.

O projeto que já está na Câmara contou com o apoio e assinatura da vereadora Jane Stefenn, na foto ao lado de Ângelo Gervásio.

O vereador Ângelo Gervásio (PMDB) protocolou na Câmara de Camboriú, essa semana, um projeto de lei (37/2014) que, se aprovado, vai proibir o Poder Público de gastar verba em fogos de artifícios, como é feito atualmente. Além da preservação da verba pública o Vereador diz que sua preocupação foi com a saúde pública, já que muitas vezes o ruído causado por “foguetórios”  prejudica a audição humana.

O Projeto, que deve ir à plenário nos próximos dias “proíbe a utilização de recursos públicos para compra de fogos de artifícios e similares por parte da administração direta, indireta, autarquia e funcional do município de Camboriú”. Para o autor do projeto, que leva também a assinatura da vereadora Jane Stefenn (PSDB), o objetivo central é o zelo pela verba pública e o sossego coletivo. “Práticas extravagantes como a queima de fogos em eventos públicos causam indignação ao contribuinte que assistem a gastos supérfluos, além do desrespeito ao sossego público e maus tratos a animais, que têm audição extremamente sensível. Não podemos coibir o uso particular, mas podemos e devemos proibir que órgãos públicos gastem verba pública com algo que é nocivo à população”,  diz Gervásio.

O projeto deverá ser lido em plenário na sessão do dia 5 de julho, quando desce para as comissões para análise; voltando à pauta após o recesso do Legislativo.

Prefeita veta projeto que autoriza rastreadores nos veículos públicos

luzia e xande

A intenção era moralizar e dar maior transparência aos atos públicos; mas mais uma vez a Administração Tucana de Camboriú se mostra contrária à transparência. A prefeita Luzia Coppi Mathias (PSDB) vetou o projeto de lei 02/2014 de autoria do vereador Carlos Alexandre Martins, o Xande, “que dispõe sobre a instalação de equipamento obrigatório, denominado rastreador, nos veículos do Poder Executivo, Legislativo, Autarquias e Fundações Públicas do Município de Camboriú”.

Luzia justificou o veto total ao referido Projeto, em razão desse “sofrer de vício de  iniciativa e violar o Princípio da Separação dos Poderes, sendo portanto, inconstitucional, assim como contrário a Lei Orgânica do Município Camboriú e ao interesse público.

Na segunda-feira, 30, os vereadores de Camboriú participam de uma sessão extraordinária e na pauta, entre outros projetos, a votação do veto total da Prefeita. Para o vereador Xande o argumento usado por Luzia para o veto é vazio: “Ela cita conflitos de interesse até porque a aquisição de rastreadores é uma despesa que não consta no orçamento. O projeto não estipula prazo e no fim deste ano, quando formos discutir o orçamento para o ano que vem vou fazer uma emenda para garantir a despesa. Acredito que a Câmara derrube o veto dela que é totalmente irregular. Vou trabalhar para isso”, declara o ex-tucano.

Projeto de Lei de criação de Subprefeitura é protocolado na Câmara de Vereadores

subp

De acordo com determinação do prefeito Edson Renato Dias, Piriquito, foi protocolado na última quarta-feira (4) na Câmara de Vereadores pelo secretario de Articulação Governamental Marcelo Achutti o projeto de lei 052/2014 a respeito da criação de uma subprefeitura no bairro da Barra. O objetivo é de agilizar, melhorar e facilitar o atendimento e acesso a serviços públicos para a população da região Sul da cidade.

A subprefeitura atenderá os bairros da Barra, São Judas e Nova Esperança, e a Região das Praias que compreende Laranjeiras, Taquarinhas, Taquaras, Pinho, Estaleiro e Estaleirinho e também Loteamento Parque dos Bandeirantes. Além disso, o Projeto de Lei estabelece que a unidade será administrada por um subprefeito que, de acordo com Marcelo Achutti, equivale ao cargo de secretário municipal.

De acordo com  Piriquito “a região Sul, em intenso crescimento, elevou consideravelmente seu crescimento demográfico, aquecendo o comércio, o setor imobiliário e demais segmentos que, cuja mediação do crescimento, necessita com urgência de um atendimento especial do Poder Público”.


Provided by orange county short sale specialist