Tag: camboriú

Diretora critica denúncia da vereadora e diz que com repasse municipal reabre a Maternidade

hospital camboriu

A diretora administrativa da Fundação Hospitalar de Camboriú, a enfermeira Margarete Cadore, declarou ao Expresso que as denúncias feitas pela vereadora Jane Stefenn ao e Ministério da Saúde pode trazer sérias conseqüências para o Hospital. “Não entendi o que a Vereadora quis com isso. O correto seria instaurar uma CPI na Câmara para averiguar supostas irregularidades nos convênio, embora sejam todos controlados pela Controladoria Interna Municipal. Isso significa dizer que se houver alguma irregularidade nos convênios, tem a conivência da Prefeitura. Os procedimentos com o Sistema Único de Saúde – SUS já são mensalmente analisados pelo Ministério da Saúde; com a denúncia eles com certeza farão nova verificação e, se acharem alguma irregularidade que anteriormente tinha passado despercebida, como algum preenchimento errado em algum documento por parte dos médicos ou, até mesmo, algum procedimento irregular por parte do Hospital, podem ate descredenciar o Hospital de Camboriú do SUS, ai não teremos mais atendimento gratuito à população”, alerta Margarete.

A diretora administrativa do Hospital, que é funcionária de carreira do Município e já atuou algumas vezes como secretária da Saúde, diz que a situação da maternidade, que está fechada para atendimento ao SUS permanece igual e só será reaberta se a Prefeitura repassar verba. “Se a prefeita Luzia liberar o repasse de R$ 40 mil mensal temos condições de reabrir as portas”, diz Margarete se baseando em números: “O custo para manter o sobre aviso médico é de R$ 67 mil/mês. O rendimento da maternidade dos atendimentos a particular é na casa dos R$ 20 mil/mês. Se a Prefeitura entrar com os R$ 40 mil/mês restantes voltaremos o atendimento. A prefeita Luzia nos disse que isso é impossível, por isso a Prefeitura referenciou os serviços para o Hospital Municipal de Balneário Camboriú, o Ruth Cardoso. Hoje a situação da Fundação é melhor do que há meses atrás quando assumimos. Estamos com os salários dos funcionários em dia e com o aumento das cirurgias eletivas estamos conseguindo equilibrar as contas; mas a maternidade, se a Prefeitura não ajudar com os R$ 40 mil/mês, não reabre”, finaliza Margarete.

Futsal: Camboriú busca vaga na final no Estadual Sub-15

5602527b80c11a5a6

A equipe ADAC/ Recriarte/ FME de Camboriú disputa neste final de semana, o turno da semifinal do Campeonato Estadual de Futsal Sub-15. As partidas serão realizadas no Ginásio de Esportes Vereador Augusto Ribeiro “Guga”, localizado no Distrito do Monte Alegre.

Na sexta-feira, dia 8, a equipe camboriuense enfrenta, às 19h, a equipe de Caçador. No sábado, dia 9, pela manhã, o desafio será contra Florianópolis e a tarde o adversário da vez será o Joinville. “Vamos tentar de tudo para fazer um bom papel em casa, contamos com o apoio da nossa torcida para levar Camboriú a mais uma decisão”, afirmou o treinador, Gilvan Meireles.

O returno da semifinal será realizado no próximo final de semana em Joinville. Somente os dois melhores desta chave avançam na decisão, para cruzarem com o outro grupo, formado pelos times de Jaraguá do Sul, Luis Alves, Blumenau e Forquilhinha.

Festival da Cultura anima Camboriú neste sábado

d2cc96ce4fdb195149a556edbb50b112

 

Uma estrutura já está sendo montada no Ginásio de Esportes Irineu Bornhausen, no Centro, que será palco do Festival da Cultura 2013 neste sábado, dia 9, a partir das 18h. O evento, realizado pela Fundação de Cultura em parceria com a Secretaria de Educação, será caracterizado pela Mostra de Dança, com apresentações de grupos das escolas municipais, estaduais, particulares, além de escolas de dança do município, entre elas um grupo da Fundação de Cultura.

Ao todo estão programadas 24 apresentações para a noite. De acordo com o Presidente da Fundação, Milton Antônio da Silva, os números de dança serão realizados num palco principal, que está sendo decorado e contará com iluminações especiais. “O principal objetivo deste evento é unir as escolas e outros grupos para mostrar a arte da dança. São ritmos e pensamentos diferentes, que mostram a diversidade e originalidade de cada grupo e enriquecem ainda mais essa que, com certeza, será uma linda mostra”, comentou.

Nas quadras do Ginásio, onde nos anos anteriores eram realizadas as apresentações, serão dispostas cadeiras para a platéia poder acompanhar mais de perto o espetáculo. A entrada é gratuita.

ExpoRural 2014: Concurso que irá eleger a Rainha e Princesas da festa tem novidades

13a525f55e19f7d6e005600b2fafd6f8

 

No dia 22 de novembro serão escolhidas a Rainha, Princesas e a Miss Simpatia da Exporural Camboriú 2014. Para esta difícil missão, 13 jurados terão que analisar os quesitos: beleza, simpatia, desenvoltura e oratória das 18 candidatas.

Além da escolha da Miss Simpatia, este ano o concurso apresenta mais uma novidade. Uma votação online está sendo realizada através da fanpage oficial da festa no Facebook – Exporural Camboriu. As cinco candidatas que receberem mais curtidas em suas fotos ganharão uma nota equivalente ao peso da nota do juri, da seguinte maneira: 1ª Colocada nota 10; 2ª Colocada nota 9; 3ª Colocada nota 8; 4ª Colocada nota 7 e  5ª Colocada nota 6. A votação online será encerrada no dia 20 de novembro.

A escolha das representantes da festa será realizada no Maria’s Shows e Eventos, a partir das 20h. Após o concurso, haverá show com a dupla sertaneja Hiago e Thiago e baile com o Grupo Tchê Campeiro.

Para participar da votação acesse o link: https://www.facebook.com/exporural.camboriu/media_set?set=a.1385989341641484.1073741832.100006912931735&type=3

Mais Médicos: Profissionais começam a atuar em Camboriú

f402910f84ffcf1d68016eda3f4f376e

A médica cubana Yadnil Elizabeth Gómez Vázquez chegou a Camboriú na semana passada e já conhece as instalações da Policlínica Municipal, onde irá trabalhar pelos próximos três anos. Durante toda esta semana ela passará por um treinamento com outros médicos para se habituar à rotina do Programa de Saúde da Família (PSF), além de se inteirar sobre a demanda de atendimentos e os exames e encaminhamentos realizados na cidade. A médica deve começar a atender na próxima semana.

Depois de formada, a profissional trabalhou por dois anos prestando serviço social como médica em Cuba, depois disso fez uma especialização em Medicina Geral Integral e também tem mestrado em Saúde da Mulher, além da experiência de ter trabalhado por dois anos no Haiti. Assim como Yadnil, a médica Solange Marise Krueger chegou a Camboriú através do Programa Mais Médicos. Desde outubro na cidade, ela veio de Salvador, na Bahia, e já atende os pacientes no Posto de Saúde do Bairro São Francisco de Assis.

De acordo com a secretária da saúde Márcia Regina Oliveira Freitag, os profissionais receberão capacitação enquanto trabalham pelo Mais Médicos. “Eles irão fazer uma pós-graduação online ­em Saúde da Família oferecida pelo Ministério da Saúde. Além disso, os médicos serão avaliados mensalmente pela Gestão de Saúde local e pelo coordenador do Programa no Estado”, explica Márcia.

O Programa Mais Médicos leva profissionais para atuar nas unidades de saúde do país, principalmente em regiões carentes, onde há falta desses profissionais. O contrato poderá ser renovado uma vez e os médicos serão remunerados com uma bolsa-formação, paga pelo Governo Federal.


Provided by orange county short sale specialist