Tag: chapecoense

Chapecoense faz 3 a 0 no Camboriú e segue líder isolada do Catarinense

A Chapecoense ratificou ser a melhor equipe do primeiro turno até o momento, venceu o Camboriú por 3 a 0 e consolidou a liderança do primeiro turno chegando aos 18 pontos. Galiardo abriu o placar no segundo tempo. Na segunda etapa, Rodrigo Gral e Athos definiram a partida para o Verdão do Oeste. Na próxima rodada, a Chape enfrenta o Guarani de Palhoça no Josué Annoni em Xanxerê e o Camboriú enfrenta o Atlético-IB fora de casa.

Partida morna, mas Verdão sai com vantagem no primeiro tempo
A Chapecoense, precisando da vitória para seguir na liderança isolada do primeiro turno do catarinense, começou o jogo no estádio Robertão com mais posse de bola. Porém, a ineficiência de seu ataque e a boa marcação do Camboriú. Aos nove minutos, a Chape teve sua primeira oportunidade gol. Paulinho Dias cobrou falta, a zaga do Cambura falhou e Neném desperdiçou uma boa chance de gol para o time do oeste.

camboriu_x_chapecoense_072                                  Chapecoense vence o Camboriú (Foto: Daniel Cavagnoli/Chapecoense)

O jogo, disputado sob um sol escaldante de 35 graus, teve uma parada técnica dos 23 aos 25 minutos para os jogadores se refrescarem, e na volta o time comandado por Gilmar Dal Pozzo começou a ser mais efetiva no ataque. Melhor em campo, o gol da Chapecoense aconteceu dos pés do lateral Galiardo, muito contestado pela torcida da Chapecoense. O lateral Galiardo cruzou, a bola pegou efeito e caiu dentro do gol de Gabriel para abrir o placar no Robertão aos 40 minutos.

Jogo fica quente, árbitro causa polêmica e Chape decide na segunda etapa
No início da segunda etapa a Chapecoense voltou ao campo para decidir o jogo. Nos dois primeiros lances, Paulinho Dias e depois Rodrigo Gral perderam gols feitos  aos dois e três minutos. A Chape administrou a partida até criar mais uma boa oportunidade. Aos 25 minutos, Neném cobrou escanteio, Rodrigo Gral de cabeça marcou o sexto dele na competição e o segundo da Chape no jogo em Camboriú.

Aos 30 minutos, um lance polêmico esquentou a partida no estádio Robertão. Diego Bruno cruzou, a bola bateu no braço de André Paulino. O árbitro Jefferson Schmidt marcou pênalti, mas o assistente José Roberto Larroyd questionou a marcação e Schmidt voltou atrás.Como a partida ficou mais quente, os ânimos se acirraram e Anderson Paulino, da Chapecoense e Anderson do Camboriú se estranharam e foram expulsos aos 35 minutos.

No apagar das luzes, aos 48 minutos, em Camboriú, a Chapecoense chegou ao seu terceiro gol. Neném passou para Athos, que entrou na área e na saída de Gabriel tocou com categoria para dar números finais à partida.

Fonte: http://globoesporte.globo.com

Tricolor enfrenta Chapecoense hoje, no Robertão

outra cambura

O Camboriú e Chapecoense entram em campo  às 16 horas deste domingo, no Robertão, em Camboriú (SC) e uma vitória pode levar o Tricolor até à quarta colocação no estadual. Após deixar a zona de rebaixamento, a missão da Cambura nessa  partida não será das mais fáceis. O adversário lidera o Campeonato Catarinense e só deixou de vencer uma das seis partidas disputadas até aqui.
Para o confronto deste domingo, o técnico Claudemir Sturion segue com problemas vindos do departamento médico. Os atacantes Clênio, Leonardo e Sharlei seguem se recuperando de contusões. O lateral esquerdo Gilson e o atacante Beto Cachoeira não participaram dos treinos da semana e são dúvida para o jogo. A boa nova fica por conta do retorno dos meias Alexandre Piccinini e Geninho, que participaram normalmente do trabalho tático no gramado do Robertã

A escalação do time só será divulgada pelo técnico

Tricolor empata na estreia de Suca: 3×3


Partida com muitos gols movimentou o Robertão

O Camboriú FC recebeu a Chapecoense na noite deste domingo, dia 11, na partida que fechou a terceira rodada do returno do Campeonato Catarinense. Na estreia do técnico Suca, o Tricolor esteve a frente no placar por duas vezes, mas acabou empatando em 3×3, com gols de Clênio, Geninho e Peixoto.

Com o resultado, o Camboriú segue na oitava colocação na classificação geral do estadual, agora com 10 pontos. No returno, a Cambura é a nona, com um ponto conquistado. O Tricolor volta a campo no sábado, dia 17, quando vai a Criciúma enfrentar o Tigre no Heriberto Hülse.

O jogo

O Camboriú começou o jogo melhor na partida. A primeira chance foi criada por Thiago Henrique, que bateu forte no canto, obrigando Nivaldo a fazer grande defesa. Os visitantes assustaram com uma bola no travessão, mas foi o Tricolor quem abriu o placar. Aos 28 minutos, Rodolfo cruzou rasteiro e achou Clênio, que estufou as redes da Chapecoense. 1×0, placar do primeiro tempo.

A Cambura voltou para a etapa final sem mudanças. Aos nove minutos, o zagueiro Fabiano acertou as redes de Cairo com uma cabeçada e empatou a partida. Cinco minutos depois, porém, Geninho cruzou bola na área. Clênio fez o corta luz e enganou o goleiro Nivaldo, que nada pode fazer: Camboriú 2×1.

Os visitantes viraram o jogo com gols de Fabiano, novamente, aos 24 minutos, e Eliomar, aos 38. Porém, o Tricolor não se deu por vencido e buscou o empate. Aos 44, o estreante Alex Guimarães cobrou escanteio e Peixoto, de cabeça, deixou tudo igual. Camboriú 3, Chapecoense 3.

Camboriú: Cairo, Paulo Ricardo, Gesiel, Peixoto, Rodolfo; Willian Feijó, Ramon (Mendes), Edson Galvão, Geninho (Alex Guimarães); Thiago Henrique (Almir) e Clênio. Téc.: Suca.

Foto Clicrbs

Suca comanda primeiro coletivo


O novo treinador do Camboriú FC comandou na tarde desta quarta-feira, dia 7, no Robertão, seu primeiro coletivo à frente do Tricolor. Suca já havia trabalhado com o grupo na terça-feira, em dois períodos, e voltou a reunir o grupo de manhã e à tarde hoje. Durante o trabalho, o treinador esteve todo o tempo orientando a equipe e preparando o grupo para o próximo desafio, no domingo, contra a Chapecoense.

O único atleta poupado foi o volante Ramon, que sentiu a coxa esquerda. Porém, ele não deve ser problema para o jogo do fim de semana. O Camboriú FC volta a treinar em dois períodos nesta quinta-feira, dia 8. Na sexta-feira e no sábado, o grupo trabalhará pela manhã. O Tricolor recebe a Chapecoense no domingo, dia 11, às 18h30min no Robertão.


Provided by orange county short sale specialist