Tag: estrada

Audiência pública sobre a Estrada da Rainha lota Legislativo

 

BV9KD4WE

 

Na noite de segunda-feira (3), o Legislativo de Balneário Camboriú foi sede da audiência pública que abordou o tema Estrada Rainha. A comunidade lotou o auditório para acompanhar de perto a explanação sobre o assunto, onde profissionais da engenharia e arquitetura, empresários envolvidos e representantes do movimento Salve a Rainha tiveram oportunidade de esclarecer suas dúvidas e apresentar suas opiniões.

”Tardiamente ou não, é preciso frisar que vivemos uma noite singular em nossa cidade, onde críticas foram feitas e opiniões foram dadas, oportunizando a todos se manifestarem”, ressaltou o prefeito Edson Renato Dias, Piriquito, ao comentar que compreendia a preocupação da comunidade, e também a necessidade das obras de contenção das encostas para a segurança de quem transita naquela localidade. ”Não queremos ficar apontado os culpados, queremos resolver o problema de modo que a nossa comunidade fique segura e o meio ambiente seja respeitado”, avaliou.

O prefeito salientou que se sentia tranquilo para falar sobre a obra em questão e os apontamentos técnicos referidos, uma vez que se faz necessário lembrar que a vegetação primária foi retirada no ano de 2005. ”Temos que nos preocupar com o meio ambiente e essa é a nossa meta de trabalho, por isso investimos expressivamente nos últimos anos em obras drenagem, rede de coleta e tratamento de esgoto, além da arborização na cidade”.

Segundo Piriquito, a seu pedido a Secretaria de Gestão em Segurança e Incolumidade Pública fez um levantamento do fluxo de tráfego naquela localidade nas últimas 12 horas que antecederam a audiência pública, onde foi contabilizado mais de seis mil veículos. ”Compreendo que a questão da duplicação ou não da via foi discutida durante a elaboração do Plano Diretor de 2006, quando eu não era prefeito. Agora precisamos centralizar nossas atenções para solucionarmos este problema de modo a oferecer maior segurança a nossa comunidade”, ponderou.

Representando a Associação Regional de Engenheiros e Arquitetos (AREA), Luís Fernando Pedroso Sales disse que independente da via ser duplicada ou não, é preciso buscar uma solução para o problema, já que é notável que a declividade do local aumenta o risco de deslizamento. ”A escavação provisória se faz necessária para a conclusão da obra. Até porque, depois de pronta, ela irá oferecer mais segurança àquela localidade. Porém, vale frisar que uma obra de contenção executada na sua parcialidade não reduz a parcial do risco, ou seja, para o local ser seguro é preciso que a obra seja concluída”, enfatizou Sales, complementando que a obra deva ser terminada para que assim se discuta o futuro.

 

Camioneiros autônomos pagarão menos impostos em 2013

Segundo Medida Provisória, redução será de 40% para 10% sobre o Imposto de Renda.

 

 Caminhoneiros autônomos pagarão menos impostos a partir de 2013

O governo federal reduziu de 40% para 10% a tributação incidente sobre o Imposto de Renda (IR) dos caminhoneiros autônomos. Publicada na última sexta-feira (21), a mudança está incluída na Medida Provisória 582 que trata da ampliação do benefício da desoneração da folha de pagamentos a 15 setores da economia – entre eles, o transporte rodoviário de passageiros, aéreo e marítimo.

A medida passa a vigorar em 1º de janeiro de 2013. Em nota à imprensa, a União dos Caminhoneiros do Brasil (Unicam) afirmou que a MP representa “um imenso benefício para a categoria que, aliado ao fim da carta-frete, traz plenas condições ao desenvolvimento da profissão e melhoria na qualidade dos serviços prestados”.

Segundo o presidente da Unicam, José Araújo da Silva ‘China’, “era importante reduzir o imposto de renda para a classe, que passa a ser efetivamente contribuinte e poderá ter acesso aos planos do governo para renovação da frota e capacidade para financiar melhores equipamentos e tecnologias para o exercício da atividade”.

MP 582
Em 2013, segundo a MP, 40 setores da economia deixarão de pagar 20% de contribuição previdenciária sobre a folha de pagamento para contribuir com uma alíquota de 1% ou 2% sobre o faturamento. O custo será de R$ 12,8 bilhões. Se forem considerados o novos benefícios, o valor chega a R$ 14,8 bilhões.

 

 

Rosalvo Streit

Agência CNT de Notícias

Avenida da Integração recebe macadamização

A Prefeitura de Camboriú  iniciou nesta semana os trabalhos de macadamização da Avenida da Integração, que liga o Conde Vila Verde ao Bairro Rio do Meio. O serviço está sendo executado pelos funcionários da Secretaria de Obras e deve ser concluído nos próximos 20 dias.

De acordo com o secretário Arnoldo Bastos Júnior, a macadamização contempla toda a extensão da avenida, que corresponde a 1,5km. “Estamos trabalhando com um grande número de operários no local. Além de cobrirmos a avenida com 20 centímetros de macadame, também estamos compactando o mesmo com o rolo”, declarou.

A Avenida da Integração era um antigo anseio da comunidade camboriuense. “Além de facilitar a locomoção entre os moradores do Distrito de Monte Alegre com o Centro da cidade, a nova obra também servirá para desafogar o trânsito da Avenida Santa Catarina. Sem dúvidas essa é uma grande conquista para a nossa comunidade”, enfatizou a prefeita Luzia Coppi Mathias.

 

Camboriú realiza projeto para readequar estradas do interior

A ação deve favorecer o Rio Camboriú, que sofre com o acúmulo de materiais vindos das vias não pavimentadas.

Uma equipe formada por representantes da Secretaria de Planejamento Urbano, Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Camboriú e da Empresa Municipal de Água e Saneamento de Balneário Camboriú (Emasa) se reuniu no início desta semana, para discutir a readequação das estradas rurais do município. O projeto que prevê a obra foi elaborado em parceria por estas entidades e será cadastrado na Agência Nacional de Águas (ANA).

“Vamos readequar as estradas nos trechos do produtor de águas para que não haja mais carreamento de sedimentos para a bacia do Rio Camboríú”, declarou o Secretário de Planejamento Urbano, Rodrigo Morimoto.  Segundo ele, com as chuvas, o material colocado na estrada escorre para o leito do Rio, causando seu assoreamento e diminuindo o volume de água.

“Está sendo feita uma força-tarefa para elaborar o projeto, que deve ser executado com urgência para cadastramento junto ao órgão federal e, deste modo, a liberação de recursos”, encerrou Morimoto.

Estrada que liga Camboriú a Brusque pode ser estadualizada

 

A estadualização da estrada que liga o Distrito Industrial de Camboriú ao Distrito Industrial de Brusque é prioridade do Deputado Estadual Dado Cherem (PSDB).

Ontem à tarde (26), o Deputado protocolou, na Assembleia Legislativa, uma solicitação para que o governador Leonel Pavan autorize a estadualização daquela via que é extremamente importante para fomentar a economia, o progresso e o turismo religioso por meio dos caminhos de Santa Paulina.

O trecho a ser estadualizado tem início no município de Camboriú, na Estrada Geral do Braço, passando pelas localidades da Toca, Morretes, Encantada, Santa Luzia, Salto, Cobra Fria e Gavião até chegar à divisa dos dois municípios, continuando pela Estrada Geral da Limeira até o ponto final, na rua Alberto Müller.

“Camboriú e Brusque são polos industriais e turísticos de grande importância social e econômica no contexto catarinense, são geradores de emprego e renda e o atendimento deste pleito contribuirá para o progresso dos municípios e da região”, afirmou Dado.

A indicação, que também tem apoio do Deputado Serafim Venzon (PSDB), foi protocolada ontem e deve ser lida em plenário hoje (27) antes de ser encaminhada ao governador.


Provided by orange county short sale specialist