Tag: OAB

OAB Camboriú conquista apoio para construção de sede social

foto subseção camboriu

 

Na tarde desta quarta-feira, dia 5, representantes da OAB Camboriú estiveram em Florianópolis, na sede da seccional catarinense, em reunião com o presidente da OAB-SC, Dr. Tullo Cavallazzi Filho. Em pauta, a busca de recursos para a subseção, para a construção da sede própria e também a realização de outros projetos.

No encontro, o presidente da OAB-SC garantiu o apoio a construção da sede social da subseção. O próximo passo será o encaminhamento de projetos e orçamentos para a seccional, que vai buscar viabilizar recursos para que a sede camboriuense saia do papel ainda em 2014.

 

“Foi um encontro muito positivo. A sede representará uma grande conquista para nossa subseção e o apoio da OAB-SC nos dá um grande auxílio nesse objetivo”, comentou a presidente da subseção, Dra. Jucélia Vinholi Monteiro. A sede da OAB Camboriú será localizada na Rua Acácio Bernardes, no centro da cidade, e contará com espaço para confraternizações e uma praça que será aberta ao público.

 

Estiveram presentes na reunião a presidente da OAB Camboriú, Dra. Jucélia Vinholi Monteiro, a delegada da CAASC em Camboriú, Dra. Maria Priscila Vinholi dos Santos e a assessora da presidente, Dra. Bianca Ericeira Lobo Borba Bernardino Arsênio.

OAB ainda analisa proposta para seguir com Defensoria Pública

Jucélia Vinholi, presidente da OAB de Camboriú espera decisão da Estadual.

Jucélia Vinholi, presidente da OAB de Camboriú, espera decisão da Estadual.

 

Uma proposta para que seja firmado um novo convênio entre o estado de Santa Catarina e a OAB está sendo analisado, a nível estadual, para que se de prosseguimento à Defensoria Pública, em Camboriú. “A proposta na verdade é um parcelamento da dívida que o Estado tem com os advogados que trabalham através de convênio”, diz a presidente da OAB de Camboriú, Jucélia  Vinholi Monteiro. Ela conta que ainda no início do segundo semestre ela se reuniu com o coordenador geral da Defensoria Pública de Santa Catarina, quando ele deixou claro que não havia nenhuma posição em relação ao pagamento. Diante disso a Defensoria Pública parou por 30 dias (em agosto) em todo o estado. “Após esse período me reuni com os magistrados da Comarca de Camboriú e foi então fixado, por eles, um valor para que nossos advogados voltassem a atuar. Mas ainda não sabemos se esse valor será pago pelo Estado. Na verdade trabalhamos como defensores públicos por amor à causa”, diz ela.

Jucélia explica que existe uma lei que obriga o Estado a disponibilizar um advogado para a população. “É necessário a presença de um advogado para se ter acesso à Justiça, para isso existe a Defensoria Pública que é, na verdade um funcionário de carreira, concursado. Mas em Santa Catarina funciona diferente. Aqui é feita a defensoria pública através de um convênio entre o Estado e a OAB. Dessa forma muitos advogados em Camboriú trabalharam e não receberam, porque os valores que chegavam muito atrasados e bastante defasados, passaram a não mais chegar, por isso houve a paralisação”, relata a presidente da OAB de Camboriú.

“Agora em outubro o presidente estadual da OAB nos procurou  para dizer que havia uma nova proposta do Governo do Estado. Essa proposta seria do pagamento da dívida antiga, no valor de R$ 120 milhões, em todo o Estado. Eles pagariam 50% no dia 5 de dezembro e o saldo restante em seis vezes, a partir de fevereiro de 2014. Mas ainda é só a proposta que está sendo analisada pela OAB estadual”, conta.

Segundo Jucélia,  quase todos os advogados  de Camboriú têm dinheiro retido na Defensoria. “Tem advogado na cidade que tem cerca de R$ 400 mil para receber da dívida antiga”, finaliza.

 

DEFENSORIA PÚBLICA EMPERRADA PREOCUPA ESKUDLARK

Eskudlark em plenario

Ao ouvir queixas em diversas regiões do estado por onde tem passado , o  deputado Mauricio Eskudlark (PSD)  demonstrou preocupação  com o fato de não ter ainda deslanchado  o atendimento da Defensoria Pública do estado diante da grande procura  pelos serviços gratuitos . Ele  defende como única  alternativa o imediato restabelecimento de convênio com a OAB/SC nos moldes da antiga defensoria dativa, mas de forma adequada a nova legislação estadual que criou a Defensoria Pública, do ano passado para cá.

De acordo com dados da própria OAB, a  demanda catarinense é de sete mil consultas por mês, mas o estado possui apenas 45 defensores para atendimento e ainda enfrenta problemas de infra-estrutura e de orçamento. “Na época da defensoria dativa havia cerca de 10 mil advogados disponíveis em varias especialidades por todo o estado “, observa o deputado.

Em recente  audiência pública na Assembleia , o presidente da Associação dos Defensores Públicos do Estado (Adpesc), Ronaldo Francisco declarou que seus colegas estão indo para o interior e não estão sendo bem recebidos. “Eles afirmam que não nos querem, não há receptividade por parte do Ministério Público, Judiciário, OAB e tudo deságua no problema de dificuldade orçamentária”, destacou.

Diretoria da OAB de Camboriú toma posse

9

11

13

Numa solenidade bastante prestigiada e festiva a nova diretoria da OAB subseção Camboriú tomou posse na noite de quinta-feira. A solenidade aconteceu na Sede Esportiva do Camboriú, antigo F80, no bairro do Cedro, em Camboriú e foi prestigiada pelos colegas advogados e familiares. Compondo a mesa  de autoridades o presidente estadual da OAB, o advogado Túlio Cavallazzi Filho, a prefeita Luzia Coppi Mathias; o vereador José Simas, representando o Legislativo da cidade, o vice prefeito, José Branco e demais autoridades.

Reeleita como presidente, a advogada Jucélia Vinholi Monteiro, juntamente com seu vice, Calir Procópio da Silva, marcou a cidade de Camboriú como a primeira presidente eleita pelo voto direto, com a aprovação de 95%.

Fotos do evento na galeria de fotos do site.

Fotos Alexandra Gonzalez

OAB empossa primeira diretoria eleita em Camboriú

jucelia e calir

A advogada Jucélia Vinholi Monteiro é reempossada nesta quinta-feira, 7 de março, como presidente da OAB subseção Camboriú, tendo como vice-presidente Calir Procópio da Silva. A solenidade acontece às 19h30 na Sede Esportiva do Camboriú, antigo F80, no bairro Cedro, Camboriú.

A solenidade empossa toda diretoria e conselho eleito para o triênio 2013/2015. Essa é a primeira diretoria eleita pelo voto direto e democrático da Subseção, onde também foi criado o Conselho Subseccional.

“Por ser a primeira diretoria eleita pelo voto direto na Cidade, a posse passa a ser um marco histórico e que deve ser prestigiado pelos nossos colegas. Por isso convidados a todos a participar da solenidade, mostrando assim a força da nossa classe”, declara jucélia.


Provided by orange county short sale specialist